Como seria uma campanha de Roseana sem convênios para “estradas vicinais” e empreiteiras?

Nem dá para imaginar como seria uma campanha de Roseana Sarney(PMDB) -, ao Governo do Maranhão, sem o apoio financeiro dos famigerados “convênios de estradas vicinais” e o caixa 2 das empreiteiras. No meio político, a descrença é muito grande se o Grupo Sarney -, sem as tetas da máquina pública, irá meter a mão no patrimônio privado para bancar a volta aos Leões.

Tentaram recentemente apostar todas as fichas nos supostos convênios do  Governo Temer, mas não tiveram o eco necessário para tirar a candidata da toca. Agora dizem que o movimento vem do interior,  dos prefeitos. Com corte de recurso para todo lado no Governo Federal -, e a Lava a Jato no encalço, ninguém acredita que torneiras sejam abertas de Brasilia para o Maranhão no ano que vem.

Seja o primeiro a comentar em "Como seria uma campanha de Roseana sem convênios para “estradas vicinais” e empreiteiras?"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*